segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012

Estudo definirá nova ligação rodoviária entre Brasil e Argentina

06/02/2012 - DNIT

Representantes do comitê executivo binacional assinaram contrato na sexta-feira (03). EVTEA vai apontar quantas pontes deverão ser construídas e em quais locais.

Foi assinado na última sexta-feira, (03), em Foz do Iguaçu/PR, o contrato para realização de estudo visando incrementar a ligação entre Brasil e Argentina.

O EVTEA - Estudo de Viabilidade Técnica, Econômica e Ambiental - definirá todas as demandas para conexões rodoviárias fixas sobre o rio Uruguai entre o país vizinho e o estado do Rio Grande do Sul.

Pelos termos do contrato, o consórcio vencedor da concorrência internacional receberá o valor de U$ 495 mil para realizar o estudo, em um prazo de 230 dias.

O documento foi assinado pelos dois representantes do Comitê Executivo Binacional Brasil - Argentina, o Diretor Executivo do DNIT, engenheiro Tarcísio Gomes de Freitas, a arquiteta Graciela Elena Oporto -Subsecretária de Planejamento Territorial de Investimento Público do Ministério do Planejamento Federal, Investimento Público e Serviços da Republica Argentina.

O engenheiro Alfredo Manuel Severi assinou o contrato pelo Consórcio formado pelas empresas I.A.T.A.S.A - Ingeniería y Asistencia Técnica Argentina Sociedad Anónima de Servicios Profesionales, ATEC S.A., Consultoría Oscar G. Grimaux y Asociados Sociedad Anónima Técnica, e Ballcons Consultoria Empresarial Ltda.

O estudo vai apontar quantas pontes deverão ser construídas e em quais locais. Vencida essa etapa, duas outras licitações devem ser realizadas.

A primeira, para a elaboração do projeto executivo e a segunda, para a contratação da empresa responsável pela execução das ligações.

O contrato foi alvo de concorrência internacional, iniciada em 2009, após tratativas entre os dois países.

Fonte: DNIT

Nenhum comentário:

Postar um comentário