sexta-feira, 8 de fevereiro de 2013

Planalto disponibilizará acesso à internet em toda sua frota

19/11/2012 - Fortalbus

Atualmente, mais da metade dos ônibus da Planalto Transporte conta com acesso à internet disponibilizado aos passageiros. A totalidade da frota deve estar equipada com a tecnologia nos próximos meses, adianta o diretor-presidente do Grupo JMT (controlador da empresa), Pedro Antonio Teixeira.

A empresa tem no momento cerca de 270 ônibus e 980 funcionários. O diretor-presidente do Grupo JMT enfatiza que a Planalto vem trabalhado na renovação dos ônibus. Nos últimos cinco anos, a companhia investiu em torno de R$ 100 milhões nessa meta. Segundo ele, o objetivo é manter o nível de investimentos nos próximos anos para conservar a idade média da frota entre quatro e cinco anos.

Quanto ao transporte rodoviário de passageiros, a Planalto opera hoje em 123 cidades brasileiras e 11 no exterior, através da disponibilização de 79 linhas. Para esse ano, a expectativa é que cerca de 4,67 milhões de passageiros sejam transportados pela empresa, em 2011 foram cerca de 4,65 milhões.

Entre as principais linhas realizadas pela companhia, a partir de Porto Alegre, encontram-se cidades como Rio Grande, Santa Maria, Uruguaiana, Itaqui, São Borja, Alegrete, entre outras. Teixeira também ressalta que nos municípios de Porto Alegre e Santa Maria a companhia conta com salas VIP para os usuários, espaços que oferecem atrativos como ar-condicionado e televisões.


O dirigente comemora os resultados da pesquisa de satisfação dos clientes em 2012, encomendada pela companhia, que apontou um percentual de 91,6% de satisfação. Realizada pela empresa Allcon-Cience, os pontos mais importantes indicados pelos passageiros foram: conforto, segurança e higiene no interior do veículo. Teixeira comenta que o estudo serve para ter um retorno das práticas adotadas e corrigir os eventuais problemas.

Quanto às ações que precisam ser feitas para aprimorar o transporte de passageiros no País, o dirigente defende que é necessário realizar mais investimentos em rodovias e destaca que a cada ano aumenta o fluxo de veículos pelas estradas brasileiras. Ele cita, no Estado, como empreendimentos importantes a Rodovia do Parque (BR-448), a duplicação da BR-116, entre Porto Alegre a Rio Grande, e a segunda travessia sobre o Guaíba.

Sobre a nova lei 12.619/12, que regulamenta a profissão dos motoristas e estabelece limites quanto à carga diária de trabalho, Teixeira informa que a empresa já realizava o controle de jornadas e não deverá haver maiores problemas para se adequar à norma. Além da Planalto Transporte, as principais empresas que compõe o Grupo JMT são a: Planalto Encomendas (mercadorias) e a Veisa (concessionária de veículos Mercedes-Benz). O grupo atua ainda em outros negócios como operador de turismo.

Pioneirismo e trajetória visionária superaram carência de infraestrutura
"Quando a empresa nasceu, se faziam linhas de ônibus quando não se tinha estradas, pontes ou muitos passageiros", recorda o diretor-presidente do Grupo JMT, Pedro Antonio Teixeira. O pai do dirigente, José Moacyr Teixeira (cujas iniciais deram nome ao grupo), foi um dos fundadores da Planalto no distante ano de 1948.

Inicialmente, a companhia fazia o percurso de Santa Maria a Santo Ângelo. Teixeira destaca que foi uma trajetória pioneira, visionária, porque era uma época em que se precisava enfrentar as carências de infraestrutura e até mesmo de veículos. Em 1951, a Planalto passou a fazer a viagem de Porto Alegre até Santa Maria. Passava-se por três balsas nesse caminho e a viagem iniciava às 5h da manhã e terminava às 17h, se não houvesse algum contratempo.

Depois vieram outras linhas, ligando Santa Maria e Porto Alegre a outros municípios. Teixeira lembra que a companhia também inovou ao fazer o transporte noturno para distâncias maiores. Ele reitera que a ideia está dentro de um conceito ainda atual que a noite é mais adequada para fazer esse serviço, já que as pessoas podem descansar durante o trajeto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário