sexta-feira, 23 de junho de 2017

Jackson anuncia duplicação da BR-235

23/06/2017 -  Boa Informação

O governador Jackson Barreto, em entrevista a FM 93.1, em Itabaiana, apresentou que a Agência Reguladora de Serviços Públicos do Estado de Sergipe (Agrese) publicará, nas próximas semanas, o edital de chamamento para as empresas interessadas na concessão da duplicação da BR-235, a partir da avenida Osvaldo Aranha (saída de Aracaju), até o acesso ao povoado Terra Dura, em Ribeirópolis, passando por Itabaiana. 

A gestão estadual já realizou estudos para o modelo de Parceria Público Privada (PPP) que viabilizará a duplicação da via.

“Nós tratamos da questão da duplicação da BR-235 no Ministério dos Transportes e a filosofia do governo atual é de fazer concessão, por meio de PPPs e fizemos essa proposta e, agora, vamos publicar o edital para que as empresas manifestem interesse na concessão. Após as empresas manifestarem este interesse, a gente fará a análise e mandará para o Ministério dos Transportes, que definirá a empresa que terá a concessão da duplicação da BR-235. Então já estamos bem avançados no processo”.

Foto: ASN
Foto: ASN

De acordo com o governador, há muito tempo o Estado luta para viabilizar essa obra, que dialoga com os demais investimentos feitos pelo Executivo estadual na região do Agreste sergipano, principalmente em Itabaiana. “Diante de tantos investimentos em Itabaiana, a duplicação da BR-235 é um dos mais importantes para toda essa região e para Sergipe. Desde o início da nossa gestão, coloquei na cabeça que precisávamos duplicar a 235, justamente porque, hoje, são mais de 16 mil veículos circulando por dia de Aracaju a Itabaiana e nos horários de pico fica difícil andar por esta rodovia. 

Com a chegada da nova Central de Abastecimento (Ceasa) e a conclusão da BR-235, no trecho que une os municípios de Carira (SE) à Jeremoabo (BA), outra luta e conquista que contou com a nossa participação, por onde será possível escoar a produção frutífera de Juazeiro (BA) e Petrolina (PE), esse movimento só tende a aumentar, por isso, a importância dessa duplicação. 

A primeira etapa da duplicação, pelos estudos que foram feitos, está prevista para ir da Osvaldo Aranha, em Aracaju, até a Terra Dura, na entrada que vai para Ribeirópolis e bifurca para Frei Paulo, para no futuro fazermos a outra parte. Teremos aqui uma rodovia capaz de atender as necessidades deste município”.

Jackson também explanou que o governo estuda projetos para melhor as demais rodovias da região. “Por outro lado, a gente está fazendo estudos, porque o Banco do Nordeste (BNB) tem muito dinheiro, mas o governo tem dificuldades para levar esse dinheiro para a área pública. O setor privado, com a crise, tem reduzido a busca por empréstimos nos bancos oficiais. E nós, governadores do Nordeste, estamos vendo se o governo cria uma linha de crédito, através desses recursos do BNB, que são altos, para ajudar um pouco os estados do Nordeste a se estruturarem. 

Por exemplo, em uma região como a de Itabaiana, temos um projeto para melhorar as rodovias, o projeto que queremos é uma rodovia que vem de Moita Bonita a Itabaiana, segue Campo do Brito, Macambira, São Domingos, Lagarto até Tobias Barreto e Poço Verde. Seria um investimento em torno de quase R$ 170 milhões, que o Estado não tem, mas se tivesse um financiamento do Banco do Nordeste, teríamos condições de assumir esta responsabilidade e estamos preparando este projeto, porque sabemos da necessidade das vias dessa região. 

Agora mesmo compramos 4 mil toneladas de asfalto para fazer operação tapa buraco, pois estamos cientes das condições das estradas e assim que as chuvas reduzirem vamos continuar a operação de recuperação do asfalto nesta região”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário