segunda-feira, 10 de julho de 2017

Polícia e DER impedem primeira viagem do ‘Uber de Ônibus’ em BH

08/07/2017 - Notícias Automotivas

Os serviços por aplicativo estão ganhando dimensões cada vez maiores em todo o mundo, inclusive no Brasil. Já existem diversos serviços envolvendo veículos, desde motos até caminhões, mas recentemente surgiu um envolvendo ônibus, o Buser.

Criado em Belo Horizonte, o aplicativo reúne pessoas interessadas em viajar de ônibus para um mesmo destino, fretando assim um veículo para realiza-la. Na sexta (7), a primeira viagem do Buser foi interrompida pela Polícia Militar e DER-MG. A viagem seria feita entre a capital mineira e Ipatinga, no chamado Vale do Aço.

Através do aplicativo, 35 pessoas se reuniram próximo de um shopping da cidade e de lá o ônibus fretado para a viagem saiu. Pouco depois, quatro viaturas da PM e DER-MG pararam o veículo e impediram a viagem, após fiscalização do ônibus. A alegação das autoridades foi a de que se tratava de transporte ilegal, apesar de a empresa contratada estar devidamente registrada na ANTT e nos órgãos competentes, de acordo com o Buser.

Sem saber o que fazer, os 35 passageiros foram conduzidos até a rodoviária de Belo Horizonte, onde tiveram que pagar uma tarifa de R$ 75,80 ante os R$ 29,90 do aplicativo. O Buser promete entrar com recurso nessa segunda (10) e indenizar os passageiros que pagaram a viagem regular, assim como devolver o valor pago anteriormente. De acordo com a reportagem, os passageiros prometeram que voltarão a contratar o serviço do app.

[Fonte: Bhaz]

Agradecimentos ao Sérgio Quintela.

Nenhum comentário:

Postar um comentário