quarta-feira, 30 de agosto de 2017

Saavedra: Duplicação da BR-280 avançou apenas 17% em mais de três anos de obras

29/08/2017- DC

JEFFERSON SAAVEDRA

Saavedra: Duplicação da BR-280 avançou apenas 17% em mais de três anos de obras Maykon Lammerhirt/Agencia RBS
Trecho entre Guaramirim e Jaraguá avança lentamente
Foto: Maykon Lammerhirt / Agencia RBS

Com utilização de apenas 17% do R$ 1,01 bilhão previsto, os dois lotes da duplicação da BR-280 em andamento em Jaraguá e Guaramirim estão consumindo apenas R$ 7,5 milhões mensais. Esse repasse em montante reduzido está sendo mantido para evitar que as obras sejam paralisadas, porque caso fosse liberada uma quantia maior em determinados meses, os trabalhos acabariam parando na sequência devido à falta de dinheiro. 

O ideal para os dois lotes seriam R$ 30 milhões mensais. Nesse ritmo lento é imprevisível apontar quando a rodovia estará duplicada nesses 39 quilômetros. Iniciadas em 2014, as obras, que já deveriam estar prontas nos dois trechos, atingiram 22% do contratado, com investimentos de R$ 171 milhões. Se levado em conta o trecho não iniciado, o índice cai para 17%. 

Quanto ao lote 1, entre São Francisco do Sul e Araquari, não há o menor indício de quando será autorizado o início das obras. São necessários mais de R$ 300 milhões para esses 36 quilômetros – e ainda tem a despesa com as desapropriações e a ponte sobre o canal do Linguado. 

A BR-280 está no pacote de concessões do governo federal, mas somente a partir de 2018 será possível fazer o leilão da rodovia federal. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário