quarta-feira, 10 de abril de 2013

Governo autoriza a duplicação da BR-262, em Minas Gerais

10/04/2013 - CNT

Medida atende a uma reivindicação do presidente da CNT, senador Clésio Andrade.

O ministro dos Transportes, César Borges, assinou nessa terça-feira (09), a ordem de início dos serviços para construção das obras de duplicação e melhoramentos da BR 262, no trecho de travessia urbana do município de Nova Serrana, em Minas Gerais. A medida atende a uma reivindicação do presidente da Confederação Nacional do Transporte (CNT), senador Clésio Andrade.

De acordo com Clésio Andrade, a obra é de extrema importância para alavancar a economia de Minas Gerais. "Esse trecho é fundamental. A dimensão do projeto reflete positivamente em Nova Serrana e será uma nova saída para São Paulo, além de beneficiar Uberaba, descongestionando a rodovia entre esses municípios", afirma.

Segundo o ministro César Borges, outros benefícios são o aumento da fluidez e mais segurança para a população. A duplicação também deve encerrar o conflito existente entre o tráfego local e o tráfego pesado que passa por dentro da cidade de Nova Serrana.

Além da duplicação da via, o projeto prevê a construção de sete passagens em dois níveis, a implantação de 10 paradas de ônibus de ruas laterais separadoras do tráfego local de longas distâncias, construção de ciclovias e passeios para pedestres e retornos operacionais onde a rodovia atravessa a área rural.

A duplicação do trecho de 9,9 km na BR-262 vai facilitar a integração do Norte do estado de São Paulo, Mato Grosso e Goiás ao Sudeste brasileiro, em especial à região portuária de Vitória (ES). Além disso, vai beneficiar 3,6 milhões de pessoas que vivem em Belo Horizonte, Contagem, Betim, Juatuba, Mateus Leme, Florestal, Pará de Minas, Nova Serrana e Bom Despacho.

Agência CNT de Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário