quarta-feira, 14 de março de 2018

Obras de duplicação do trecho de Serra da Rodovia dos Tamoios estão previstas para terminarem em 2020

13/03/2018 - Agora Vale

São 22 frentes de obras, compreendendo 21,6 km de novas pistas onde cerca de 15,45 km serão viabilizados por túneis e viadutos

A duplicação do trecho de Serra da Rodovia dos Tamoios representa a modernização do corredor logístico estratégico para o turismo e economia das regiões do Vale do Paraíba e Litoral Norte. A duplicação do trecho de Serra compreende 21,6 quilômetros de novas pistas – entre o km 60,4 e o km 82 –, dos quais cerca de 15,45 quilômetros estão sendo viabilizados por meio de túneis e viadutos, protegendo a floresta existente.

A duplicação tem 85% da sua área no Parque Estadual da Serra do Mar, o que é um desafio ambiental e de engenharia. Diante disso, o projeto é composto por túneis e viadutos, representando cerca de 72% do total da obra, preservando ao máximo a mata e a diversidade ecológica da região.  Um dos trechos será desenvolvido com o “Cable Crane”, um modelo de construção que usa um teleférico de carga conduzido por cabos, realizando o transporte de materiais e de pessoas, evitando a abertura de novos acessos dentro da mata. É a primeira vez no Brasil que essa metodologia está sendo empregada e o projeto recebeu o prêmio Eco de Sustentabilidade da Câmara de Comércio Americana e Jornal O Estado de SP.

Com um traçado moderno, a nova pista será utilizada para atender o tráfego de subida da Serra, sentido São José dos Campos, e contará com duas faixas de rolamento e acostamento, permitindo que o tempo de viagem seja reduzido significativamente. A previsão é de que trafeguem por dia no novo trecho cerca de 35 mil veículos. A pista atual do trecho de Serra será utilizada somente para descida, sentido Litoral, e passa por diversas obras realizadas pela Concessionária Tamoios, muitas delas já concluídas, como ampliação de curvas, iluminação, melhorias do pavimento e sinalização.

Com início em 2015, as obras têm previsão de conclusão para dezembro de 2020, e atualmente geram 2.238 empregos diretos, incluindo a administração da rodovia. São 22 frentes de trabalho, representando um avanço de 32,28% do total da duplicação. Para os próximos meses, serão entregues quatro quilômetros de duplicação, entre o km 60,4 e o km 64,4, incluindo a Ponte de Paraibuna.

Inaugurada pelo Governador do Estado de São Paulo, Geraldo Alckmin, em agosto de 2017, as obras de construção do Túnel 1 (km 65) da nova pista está com progresso de 18,75% e, quando concluído, terá 2.850 metros de extensão.

O Túnel 5, atualmente com 2.021 metros de extensão e 55% de avanço, que também foi inaugurado por Geraldo Alckmin em abril de 2016, conta com duas frentes de trabalho: uma em Caraguatatuba e outra em Paraibuna, no km 78 da Tamoios. Esse túnel terá 3.696 metros de extensão.

As obras dos Contornos (Norte e Sul), com 33,9 quilômetros e passando pelas cidades de Caraguatatuba e São Sebastião, estão atualmente em construção sob responsabilidade da DERSA -  Desenvolvimento Rodoviário S/A. Quando o trecho estiver concluído, passarão a ser administrados pela Concessionária Tamoios.

Nenhum comentário:

Postar um comentário