quinta-feira, 2 de outubro de 2014

Justiça autoriza retomada das obras da Estrada-Parque Paraty-Cunha

DER prevê entrega das obras em abril do ano que vem

POR PAULO ROBERTO ARAÚJO

02/10/2014 - O Globo


Estrada Paraty-Cunha: obras paralisadas há um mês - Paulo Roberto Araújo / O Globo (27/11/2013)

RIO — Prometidas há mais de 50 anos e paralisadas há 40 dias a pedido do Ministério Público Federal (MPF), as obras de pavimentação da Estrada-Parque Paraty-Cunha, na Costa Verde fluminense, serão retomadas na segunda-feira. A Justiça Federal concedeu liminar impetrada pela Procuradoria da União e autorizou a retomada das obras, que estão sendo feitas há um ano pelo Departamento de Estradas de Rodagem (DER), com a supervisão de biólogos da UERJ para proteger a fauna do Parque Nacional da Serra da Bocaina. Dos 9,5 Km da estrada, 3km já estão pavimentados.

O presidente do DER, Henrique Ribeiro, informou que já convocou as empreiteiras que estavam trabalhando na execução das obras para retomarem o trabalho o mais rápido possível. Na tarde desta quinta-feira será feita uma avaliação do estado da rodovia para que as obras sejam reiniciadas na segunda-feira. A paralisação de um mês e o risco de chuvas nos próximos meses pode atrasar a inauguração da estrada, mas ele acredita que tudo fique pronto até abril de 2015:

— Tivemos sorte porque choveu pouco no mês de setembro. Na segunda-feira já estarão trabalhando 80 homens no trecho em obras. Em uma semana este número subirá para 270 trabalhadores que estavam lá quando as obras foram paralisadas. Os biólogos, veterinários e demais técnicos da Uerj também foram reconvocados — garantiu Ribeiro.

Secretário executivo do Conselho de Desenvolvimento Sustentável da Baía da Ilha Grande (Consig), Valdir Siqueira, disse que a decisão da Justiça evitou um prejuízo maior para a Paraty-Cunha:

— A decisão é da maior importância, pois a paralisação das obras poderia causar grande dano social, ambiental e econômico para o projeto da estrada-parque. Com a parada, o pessoal técnico da Uerj também deixou o trecho em obras juntamente com os trabalhadores. Felizmente os prejuízos não foram grandes — disse Siqueira.

O prefeito de Paraty, Carlos José Gama Miranda, comemorou a decisão da Justiça:

— São 50 anos de espera. Não se trata de uma rodovia para percorrer, mas para ser visitada. É a primeira estrada-parque de fato do Brasil. Ela segue o Caminho do Ouro, que está sendo resgatado – disse Casé, acrescentando que já existem recursos da Eletronuclear para a conclusão das obras.

Read more: http://oglobo.globo.com/rio/justica-autoriza-retomada-das-obras-da-estrada-parque-paraty-cunha-14115488#ixzz3F0w5vknN

Nenhum comentário:

Postar um comentário