segunda-feira, 5 de abril de 2010

Mais um passo rumo à duplicação


5/4/2010
Zero Hora (RS)

O Departamento Nacional de Infra-estrutura de Transportes (Dnit) iniciou, na manhã de ontem, a análise das propostas entregues pelas empresas interessadas na execução da duplicação da rodovia Tabaí-Estrela (BR-386). O trecho a ser duplicado, de 33,5 quilômetros, é considerado um dos mais perigosos da estrada.
   
Foram entregues 11 propostas, três delas no sistema de consórcio. O número de interessados era o esperado pelo Dnit. No ato da entrega, o órgão verificou se as construtoras estavam cadastradas no Sitema de Cadastro Unificado de Fornecedores (Sicaf) e, em seguida, foram abertos os envelopes com a documentação para habilitação das empresas. O diretor de Infra-Estrutura Rodoviária do Dnit, Hideraldo Caron, estima que a análise dessa documentação seja realizada em cerca de 15 dias.
   
A lista das empresas habilitadas será publicada no Diário Oficial. Depois disso, elas terão cinco dias para recorrer, caso discordem do resultado. Após esse prazo, serão abertos os envelopes com as propostas de preços. A empresa que apresentar o orçamento mais baixo será a escolhida.
   
O Dnit realizará ainda uma análise do orçamento, para depois divulgar o nome da construtora que deverá executar a obra de duplicação. A expectativa do Dnit é realizar a contratação da empresa até o final de abril.

Nenhum comentário:

Postar um comentário